Como introduzir uma transferência a crédito SEPA?

Como introduzir um débito direto SEPA?

Como efetuar uma transferência a crédito SEPA a partir de um ficheiro de texto?

Como efetuar um débito direto SEPA a partir de um ficheiro de texto?

Como gerir os direitos dos utilizadores?

Como acompanhar as ações dos utilizadores?

Como gerir uma base de dados de terceiros?

Funcionalidades

Segurança do SEPAeditor

Acesso à aplicação

O acesso ao software SEPAeditor é protegido pela dupla nome de acesso + palavra passe. Sem esses identificadores, é impossível aceder à aplicação. A palavra passe deve conter no mínimo 8 caracteres, dos quais no mínimo 1 algarismo, 1 letra e 1 caráter que não seja alfanumérico.
O acesso ao SEPAeditor é vedado após 5 tentativas de conexão falhadas ou após 6 meses de inatividade do utilizador.

O administrador dispõe de um sistema de preferência que lhe permite, se assim o desejar, reforçar a complexidade destas regras mínimas. O acesso à aplicação pode nomeadamente ser controlado por certificado numérico pessoal.

Direitos dos utilizadores 

Como gerir os direitos dos utilizadores?

No SEPAeditor, pode registar o número de utilizadores que desejar. Cada um deles dispõe dos seus próprios identificadores de conexão.

O administrador define o perímetro de intervenção de cada um dos utilizadores (funções permitidas, acesso à base de dados, contas bancárias autorizadas, etc.). Gere assim precisamente os direitos de todas as pessoas que têm acesso à aplicação.

O administrador é autónomo na gestão das autorizações. Pode criar ou modificar os utilizadores e os seus direitos sem intervenção externa. Assim que um utilizador está declarado, acede imediatamente às funções para as quais foi autorizado. Ao contrário, quando um administrador desativa todas ou parte das funções de um utilizador, essa desativação fica efetiva de imediato.

Rastreabilidade 

Como acompanhar as ações dos utilizadores?

O SEPAeditor oferece uma rastreabilidade completa das ações efetuadas pelos utilizadores. O administrador pode assim rápida e precisamente encontrar a origem de uma ação, qualquer que seja a sua natureza. Para tal, é disponibilizado um motor de busca multicritérios.

Todas as ordens emitidas são mantidas em linha durante 60 dias. Os históricos podem ser consultados e impressos. As entregas de transferências a crédito SCR e de débitos diretos SDD podem ser objeto de exportação em formato texto e Excel ou editados em PDF.

Confidencialidade

A transferência de dados entre o seu computador e o software do SEPAeditor, via Internet, cumpre os requisitos de segurança da ANSSI (Agência Nacional francesa da Segurança de Sistemas Informáticos). Por conseguinte, os seus dados são encriptados de acordo com a norma TLS/SSL, o que significa que os dados são codificados para que não possam ser lidos por outro sistema. O protocolo TLS/SSL foi desenvolvido para proteger confidencial e integralmente as comunicações entre o servidor do SEPAeditor e o software dos cliente.

Logo, o SEPAeditor dispõe de um certificado de autenticação. Este certificado, obtido junto da autoridade de certificação Thawte, permite que o seu browser verifique a identidade do servidor de envio no momento da transferência de informações com o SEPAeditor.

Integridade dos dados

Os seus dados registados no SEPAeditor são armazenados em dois datacenters certificados ISO 27001, ou seja o maior nível de certificação em termos de segurança informática.

Para garantir uma disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os equipamentos implementados são duplicados (servidores, discos rígidos, alimentações elétricas, conexões de alto débito, etc.). Uma cópia de segurança dos seus dados é realizada em tempo real num servidor de backup. Assim o sistema garante que não ocorrerá nenhuma perda de dados em caso de avaria.

Independência

Você é proprietário dos seus dados registados no SEPAeditor. Pode, por isso, exportá-los para Excel a qualquer altura, sem intervenção de um técnico SEPAeditor.

Os dados dos seus fornecedores ou clientes são registados no software, e não mais nos sítios Internet dos bancos. Assim, se tomar a decisão de trocar de banco, não terá de se preocupar com a migração dos seus dados. O administrador é totalmente autónomo na gestão da sua parametrização (criação ou remoção de utilizadores, preferências, contas, etc.) Nenhuma intervenção exterior é necessária.